Ei Alex e Marcelo » Arquivo » Filme: Hush – A morte ouve (Resenha)



14 de abril de 2016

HUSH

Depois de perder sua audição quando adolescente, Maddie Young (Siegel) viveu uma vida de isolamento totalmente recuada em seu mundo silencioso. Porém, quando o rosto mascarado de um assassino psicótico aparece na janela de sua casa ela deve ultrapassar seus limites físicos e psicológicos para poder sobreviver uma noite. 

Hush-2016-600x300

O que eu achei?

Fui pesquisar mais sobre o filme e vi que ele foi lançado oficialmente através da Netflix.

Quem dirigiu o filme foi Mike Flanagan, responsável pelo  O Espelho.

O filme é bem dirigido e bastante criativo. Colocar uma personagem surda/muda foi uma ideia totalmente diferente.

As cenas que valem ser destacadas são: O alarme: A explicação da Maddie para ter um alarme tão alto é magnifica, quanto mais alto, mais ela consegue sentir a vibração. A dor: Quando o assassino quebrou a mão dela chegou a doer em mim, mas o que mais me chamou atenção foi o fato dela não conseguir gritar de dor, por ser muda. Ideias frustradas para sobreviver: Em um momento do filme ela tenta pensar em vários jeitos de conseguir escapar, mas todas as ideias ela não sobreviveria.

Para quem gosta de filme de suspense e quer sair do mesmo, Hush – A Morte Ouve é uma ótima escolha.

Título Original: Hush
Dirigido por: Mike Flanagan
Gênero: Terror
Ano: 2016
Avaliação (5-10): 10

Teaser



coco service
15-04-2016 - 02:47

Op7d4M Wow! I cant think I have found your blog. Very helpful information.


Deixe seu comentário: